As organizações que convocaram greves de incidência distrital entre os dias 16 de janeiro e 8 de fevereiro de 2023 esclarecem:
-Para esta greve não foram requeridos "serviços mínimos", pelo que não há qualquer acórdão que os decrete;
- Assim, nenhum docente poderá ser impedido de aderir a esta greve, designadamente por ter de cumprir "serviços mínimos" que, neste caso, não foram decretados;
- Os pré-avisos de greve entregues por estas organizações abrangem todo e qualquer serviço atribuído ao pessoal docente e técnicos especializados com funções docentes;

Leia na íntegra comunicado das organizações sindicais


PELA NÃO ULTRAPASSAGEM DAS 35 HORAS DE TRABALHO SEMANAL; CONTRA A SOBRECARGA E DESREGULAÇÃO DOS HORÁRIOS DE TRABALHO; O ECD TEM DE SER RESPEITADO E DIGNIFICADO!
 
PRÉ-AVISO DE GREVE

Professores e educadores manifestaram-se em defesa da profissão docente, reafirmando a sua posição contra as nefastas propostas do ME para a revisão do regime de concursos (moção aprovada por unanimidade).

Fotos de 12/12/2022  - Porto Braga

Fotos de 13/12/2022 - Aveiro e Guarda
intervenção da Presidente da ASPL, Dra. Fátima Ferreira, em Aveiro
intervenção da dirigente e diretora do Centro de Formação ASPL, Dra. Manuela Duarte, na Guarda
 
 
Fotos de 15/12/2022 - LisboaSetúbal Santarém
intervenção da Presidente da ASPL, Dra. Fátima Ferreira, em Lisboa

12 de dezembro: Porto, Braga, Vila Real, Chaves e Bragança; 13 de dezembro: Coimbra, Aveiro, Viseu, Guarda, Castelo Branco e Leiria; 14 de dezembro: Évora, Beja, Portalegre e Faro; 15 de dezembro: Lisboa, Caldas da Rainha, Santarém e Setúbal. Estas são as 19 localidades em que professores e educadores se juntarão em vigílias em defesa de uma Profissão com futuro.

A ASPL, em conjunto com as demais organizações sindicais que convergiram contra as posições e as propostas do Ministério da Educação, apela a todos os professores e educadores para que se unam à ASPL e restantes sindicatos para que juntos possamos lutar contra essas propostas tão gravosas, não só para a classe docente, mas também para a Educação e o Ensino em Portugal.
 
Assista na íntegra à mensagem da Presidente da ASPL.

Vigílias por distritos, entre os dias 12 e 15 de dezembro, às 18.00h

CARTAZ VIGÍLIAS

MOÇÃO

A ASPL irá realizar, amanhã, dia 7 de dezembro, entre as 18h e as 19h,uma sessão de esclarecimento online sobre as formas de luta que se avizinham, tendo em consideração as alterações previstas aos concursos e todos os outros ataques à profissão docente.
 
Para se inscrever, basta preencher o formulário disponível aqui.