As organizações que convocaram greves de incidência distrital entre os dias 16 de janeiro e 8 de fevereiro de 2023 esclarecem:
-Para esta greve não foram requeridos "serviços mínimos", pelo que não há qualquer acórdão que os decrete;
- Assim, nenhum docente poderá ser impedido de aderir a esta greve, designadamente por ter de cumprir "serviços mínimos" que, neste caso, não foram decretados;
- Os pré-avisos de greve entregues por estas organizações abrangem todo e qualquer serviço atribuído ao pessoal docente e técnicos especializados com funções docentes;

Leia na íntegra comunicado das organizações sindicais


PELA NÃO ULTRAPASSAGEM DAS 35 HORAS DE TRABALHO SEMANAL; CONTRA A SOBRECARGA E DESREGULAÇÃO DOS HORÁRIOS DE TRABALHO; O ECD TEM DE SER RESPEITADO E DIGNIFICADO!
 
PRÉ-AVISO DE GREVE

Dia 3 de fevereiro, 11 horas

Escola Secundária de Camões, em Lisboa
(entrada pela porta lateral, na rua da Escola de Medicina Veterinária)
 
As nove organizações sindicais abaixo subscritas estão reunidas hoje (02/02/2023) após a longa reunião no Ministério da Educação. O objetivo desta reunião é analisar as novas propostas do ministério, preparar a Manifestação de dia 11 e decidir formas de luta para que esta continue, uma vez que a reunião no ME não deu as respostas que os professores aguardavam.
Dia 3 de fevereiro, pelas 11 horas, as organizações sindicais promoverão uma Conferência de Imprensa para dar a conhecer as conclusões.
 
Lisboa, 2 de fevereiro de 2023
As organizações sindicais
ASPL, FENPROF, FNE, PRÓ-ORDEM, SEPLEU, SINAPE, SINDEP, SIPE e SPLIU

 

A ASPL reuniu ontem com o Ministério da Educação, tratando-se esta de uma reunião técnica (e não negocial) para esclarecimento das propostas apresentadas pela tutela sobre o modelo de gestão e recrutamento docente.
Poderá consultar aqui os principais aspetos abordados nesta reunião.
Estando a ASPL convocada para uma reunião negocial a decorrer no próximo dia 2 de fevereiro, em formato “mesa única”, no seguimento do pedido feito pela ASPL e demais organizações sindicais, agradecemos aos nossos estimados associados que nos façam chegar, caso assim o entendam, as suas propostas e contributos para análise da Direção da ASPL e consideração considerados na análise da Direção da ASPL, que reunirá no dia 31 janeiro.

 
As nove organizações sindicais que convergem na greve por distritos e que convocaram a Manifestação Nacional do próximo dia 11 de fevereiro, em defesa da profissão de Professor, serão recebidas hoje, 26 de janeiro, às 13:30 horas, pela Assessoria da Presidência da República para a área da Educação. Esta reunião vem na sequência do interesse publicamente manifestado pelo Presidente da República em se inteirar das questões que estão a levar os professores a uma luta de dimensão raramente vista, bem como dos professores em fazer chegar as suas posições à Presidência da República.